gugudan é mais um grupo a aderir à onda dos Revamps.

2/27/2017 0 Comments A+ a-


As últimas horas foram loucas. Ao menos para um nerd intimamente inteirado nos mundos do cinema e do K-pop. Não apenas tivemos um dos melhores Oscars ever, com direito à maior gafe da história da premiação, como uma manhã de segunda recheada de releases. Não vou falar de tudo pois planejo escrever sobre mais duas pautas surgidas hoje, mas fiquem com essa música nova da Ailee, qual espero não ser um comeback oficial.

E agora, ao que interessa:


Heis aí o debut do EXID Junior. Ou comeback do gugudan, como são oficialmente conhecidas.

Ok. A kpoposfera está tecendo elogios impagáveis sobre isso aqui. Concordo que em comparação com sua estreia, é basicamente defrontar Moonlight, do Beethoven, com Festa do Ape, do Latino. O debut das meninas, pobrezinhas, foi de doer, o que as rendeu mais de 90% dos votos pra pior grupo de 2016 por vocês, Delirianos. Mas, a congratulação não vai muito além daí.

É um reboot e tanto, mas bem inferior se lembrarmos o que CLC e Dreamcatcher fizeram, não apenas visualmente, mas sonoramente. Apesar de que seus singles não foram originais, eles foram sensacionais dentro de suas propostas. A Girl Like Me é uma farofa bacana, levemente sensual, com conceitos individuais e uma vibe funky que parece exatamente o que o EXID tem nos brindado desde que tornaram-se mainstream, porém de maneira eufemista em todos seus elementos. Ela é somente regular dentro desde gênero. Tem até essa guria linda imitando os trejeitos da Hani:
Altas referências ao Floral Shoppe aí.
'A Girl Like Me' até reacende a esperança para o futuro do ato da Jellyfish, mas ainda está longe de ser algo realmente digno de reverência.

---

Você gosta do conteúdo do Delírios? Não deixe de curtir a página no Facebook e nos apoiar para a produção de novos materiais.