CLC quer ser 4Minute e eu aprovo.

1/17/2017 0 Comments A+ a-


Até a chegada de Hobgoblin, o CLC tinha 5 singles. Pois bem, eu acho estes 5 singles tão ruins, mas tão detestáveis e tenebrosos, tão horríveis, insossos, chatos, xaropes, entediantes, sofríveis, tão cancerígenos, doentios, amorfos, inertes e, nossa, tão podres, que pagaria $10 pro grupo findar suas atividades, mesmo no pouco tempo de carreira que as meninas tinham nas costas.

Mas eu não tenho como dar $10 pra Cube, salvar a empresa da falência e o CLC de passar mais vergonha. Eu não tenho $10. Eu não sou ninguém. Então, o Cubo mais empresarialmente imbecil do globo, na ausência de quem promover, resolveu dar uma nova chance pro seu outrora prospecto rookie group.



Sim, meus amigos, ele está de volta, menos de um ano após o disband, transvestidas como adolescentes e com alterações vocais para passarem despercebidas, mas elas voltaram. Falo, é claro, das meninas do 4Minute. 

Brincadeiras ruins à parte, é impressionante o quanto isso aqui se parece com Crazy. É um remake de crazy feito por gente que ainda não pode beber. E isso é bom pra nós, pra Cube e, principalmente, pra elas, pois o conceito Aegyo ia acabar com a continuidade das gurias antes delas conseguirem entregar algo decente.

Falta originalidade, mas compensa em qualidade. Com exceção do Bulldok, que é Nugu e pode acabar a qualquer momento, os atos dispostos do Badass Female estão quase extintos hoje em dia, e se apetecer de dar um revamp permanente e precoce ao CLC, baseado no resultado maravilhoso disso aqui, apoio com forças, cheio de forças.

Com Hyuna bancando a compositora em sua super-mega-ultra-hiper complexa letra de enaltecimento feminino sem a baboseira romântica e inconscientemente submissa de sempre, com figurinos de guetto, um bastão à lá 2NE1 e basicamente todas as integrantes em uma disputa interna pra ver quem imita Hyuna melhor nos geum nawara wara (acho que Yeeun leva, mas ainda na dúvida), as meninas abraçaram de vez o estilo de suas Noonas. Como suas Noonas já eram, é uma substituição conceitualmente justa. Só espero que continuem em uma crescente e não enfrentam o período Brave Brothers que elas passaram. Aprenda com os tantos erros ao menos uma vez, Cube.



Não deixe de curtir a página do Delírios no Facebook.