Também 'TIAMO', T-ara, mas o novo release deixou a desejar.

11/08/2016 0 Comments A+ a-


T-ara já se tornou um daqueles grupos que você não pode contar com comeback anual. Se vier, beleza, caso contrário, nada surpreendente, ao menos no que tange a discografia coreana.

Se considerarmos que So Crazy foi gravada em 2014 (e usada apenas em 2015), os dois últimos anos tiveram um mínimo de foco no mercado caseiro, com exceção dos solos da Hyomin.

Portanto, esse repentino anúncio de comevolta com TIAMO foi inesperado e bem-vindo, ainda que o notório descaso das meninas com seus conterrâneos seja um indício de prevenção quanto a expectativa acumulada.

Pois bem, passada a introdução de sempre, vamos ao MV:


Lá em 2014, com Sugar Free, o T-ara ainda dava sinais de que seguiria firme em tentar recuperar a lealdade dos korebas, com um disco bem ao seu estilo, mesmo que longe de ser tão icônico quanto os principais singles antecessores a ele.

Aí veio 2015 com o Brave Sound Drop It! de So Crazy, os eventos chineses cada vez mais frequentes, o flop da canção, o flop dos solos das integrantes e a continuidade dos comentários de ódio dos knetizens. Simplesmente os pontos se ligam pra afirmar que o T-ara havia finalmente ligado o dane-se pra isso, realizando um lançamento apenas protocolar pra não deixar os haters descansarem em paz enquanto elas enriquecem no país comunista mais capitalista de todos.

Agora, se alguém tinha alguma dúvida de onde estava a atenção delas, não tem mais. TIAMO, produzida por Duble Sidekick (que já fora colaborador em I Don't Want You, Don't Get Merried e na Unit N4), a despeito das entrevistas de que seria "algo único", "um conceito não explorado pelo grupo", "uma interação com os fãs", é na verdade uma ballad invernal natalina transvestida em lead single oficial. 

O problema não é a qualidade de TIAMO, que na proposta funciona; o arranjo é típico do gênero, com piano e a sonoridade de violinos mais tímida na intro, assim como a condução sem breadowns, toda baseada em um clima nostálgico e melancólico, sentimentos naturais da época retratada no vídeo. A questão é que quando um ato anuncia retorno após um ano e três meses, você espera mais do que isso, né?!

O próprio T-ara possui baladinhas bem melhores, e até uma xaropeira de natal mais temática. Se fosse uma b-side aleatória ou pré-release, seria concebível. Como produto principal? Nops. 

Bem, ao menos deu pra matar a saudade das meninas, rainhas esquecidas da coisa toda, fantasiadas de papai noel para fetiche dos que curtem sas coisas; e principalmente da Eunjung e sua adorável carinha de choro <3. 
eunjung tiamo gif

Não é o que eu aguardava. E se elas desistirem definitivamente de requebrar como outrora, já deixaram, talvez, o.melhor.legado.do.capope, com coisas como Roly Poly, Lovey Dovey, Number 9, Cry Cry, Do You Know Me?, Day By Day, TTL e tantos outros hinos. É pra respeitar.

Não deixe de curtir a página do Delírios no Facebook.