Em WOW War Tonight, AOA segue a desbravar o Japão com êxito.

11/29/2016 0 Comments A+ a-

aoa wow war tonight choa seolhyun

Enquanto todos lamentam o quão morno foi o 2016 capopeirístico e grandes nomes da indústria preparam-se para 2017, o AOA, aleatório a tudo, está para lançar seu quarto esforço nipônico - terceiro no ano, após Good Luck e Give me the Love -, juntamente ao 2º LP FULL JPN, contra ZERO na Coreia - abraço pro povo que polemizou tanto o fato de Seolhyun e Jimin não reconhecerem de primeira o Tiradentes Coreano, como se isso fosse motivo para descaso.

Enfim, o álbum Runway, com 4 inéditas, o lead single (que é cover disso aqui), um remake em conjunto com Jonas Blue, a supracitada colaboração feat. TM Revolution e outras 4 versões ~traduzidas~ do Good Luck sai na terra do Godzilla dia 30. Obviamente os japas só liberaram o PV no Youtube, mas eu acho que vocês encontram partes do disco aqui e o MV completo online aqui e para download aqui. A faixa também está disponível via Spotify e Itunes. Com todos esses links dispostos, vamos comentar o que o bonde da ChoA trouxe para nos abençoar dessa vez: 



Não acho que o AOA esteja consolidado no cenário a ponto de se dar ao luxo de promover apenas dois releases coreanos em 2 anos, mas ao menos agora é compreensível a tentativa da FNC de preservar e salutar a imagem das meninas, já que qualquer polêmica ao sul do paralelo 38 se torna uma mancha indelével na carreira de artistas, vide Park Bom e T-ara. Além disso, a empresa sempre arriscou pesado no Japão com FT Island e CNBLUE. Por que não tentar o mesmo com seu girl group? Até então, tem dado certo, visto que tanto Oh Boy quanto Give Me The Love apareceram nas primeiras posições da Oricon (GMTL chegou a liderar, assim como o LP Ace of Angels). 

E enquanto os resultados forem bons, não há do que reclamar. Ainda que deva em originalidade a suas predecessoras pelo fato de ser um cover, WOW mantém os elementos de electropop vistos anteriormente e fornece sua própria identidade ao clássico, que também já recebeu uma versão de foquin Ayumi Hamasaki.

Com um tom uptempo, mas sem enveredar por gritos e berros, em contraste com seus tempos mais Brave Brothers, a música evoca levemente espíritos nostálgicos através dos sintetizadores. A vocalidade mais amena, sem grades high notes e com key changes contidas, é um acerto e mantém a fluidez e arranjo orgânicos, o que se quebra, infelizmente, na bridge de dubstep de Jimin. WOW não foi feita para alterações tão repentinas de ritmo, e para evitar cansaço por repetição da melodia - o que, afinal, é a função de bridges e breaks - seria bem mais interessante se meio minuto da longa duração fosse removida. Contribuiria mais para uma experiência uniforme e agradável.
aoa wow war tonight choa seolhyun mina gif

O MV faria mais sentido na época das Olímpiadas, mas ficou, no mínimo, ~bonitinho~ e divertido, sem cair no Aegyo ou apelar ao Sexy Concept típico de seus catálogos pós-fama. Ficaria melhor sem o Komuro Testsuya (produtor do single) aparecer como um shinigami com cara de amoeba a cada 10 segundos? Ficaria, mas relevamos, já que o vecchio é uma lenda fonográfica japonesa, assim como o Sistar tacou Giorgio Moroder em One More Day.

De qualquer forma, eu já tinha arrumado a canção há quase um mês e a escuto incessantemente até hoje, sem qualquer relação com o fato do AOA estar entre minhas favs. Seja nas farofas coreanas ou no electro japonês, elas estão com um índice de acertos invejável desde 2014. Caso venha um full coreano mesmo, que preserve o nível.
aoa wow war tonight choa seolhyun gif

aoa wow war tonight choa seolhyun gif choa

aoa wow war tonight choa seolhyun gif choa

Não deixe de curtir a página do Delírios no Facebook.