Décalcomanie finalmente traz a agitação que faltava ao Mamamoo.

11/06/2016 0 Comments A+ a-


Os pré-releases para o comeback do Mamamoo, que se deram cerca de 1 mês e meio atrás, deixaram uma incógnita braba sobre como seria esse regresso. Apesar de New York seguir à risca o estilo do grupo, ele pecava pela rispidez de se manter no gênero, e como disse no post, faltava um clímax que realmente deixasse a faixa atraente (e nem preciso falar das desnecessárias Units).

Agora, as meninas retornaram de vez, sem a desculpa do "pré" caso o single não sanasse as expectativas criadas. Confira "Décalcomanie":

O instrumental inicial já nos situa perfeitamente no terreno do ato, ache isto bom ou ruim. O piano classudo, o vocal elegante e provocativo de Hwasa e a estética vintage quase inerente ao gênero. Aí as dúvidas de sempre surgem em questões de segundos: conceito familiar, mas qual será a execução? Algum uptempo divertido e descompromissado como "You're the Best", zombeteiro como "I'm Taller than you" ou a xaropeira de "New York"? 

A resposta, amém, difere de tudo.

Décalcomanie - nome pedante da arte que transfere imagens originalmente exibidas em papel para outras superfícies (tatuagens, vasos), mas que na Coreia pode ser usada para referir-se a coisas semelhantes (aí as integrantes que se encaram através do espelho com figurinos análogos e a trama em si - corrige os erros de sua antecessora e é o sopro que as garotas precisavam, tudo isso sem abandonar suas raizes.
Decalcomanie moonbyul gif mamamoo

As hesitações dissipam-se após um breve momento, já nos versos de Solar, quando as palmas se intensificam para o contínuo crescendo até um refrão que entrega o que a melodia promete: algo explosivo e empolgante, exatamente o que faltara ao ato até então. E estas características são atingidas sem abrir mão da cenografia retrô (e dessa vez, bem sensual, Moonbyul <3), os elementos de Jazz, ainda que menos presentes do que o habitual, sem esquecer os vocais fortes e raps precisos com muitos berros, a marca que difere o Mamamoo de outros Idols e que a fanbase adora se gabar.

A lástima fica por conta da rápida cena que envolve Solar no MV, ao ser forçada a agradar o pervertido do elevador. Se a letra do Kpoply estiver correta, já que o canal da CJE&M ainda não descobriu que o coreano não é idioma mundial e a onda Hallyu está em ascensão para fazer legendas, não há nenhuma mensagem subliminar/intrínseca no texto que deixe exposta alguma crítica, o que passa a impressão de que Solar simplesmente teve de submeter-se. E pior, gostou disso, como sugerem os simbolismos marotos de flores e frutas (sexo) e o relaxar de seu braço. 

Atualizado 07/11 - O MV original foi excluído do Youtube e uma nova versão postada sem a cena onde Solar é mostrada a relutar o beijo até a submissão.

Um pequeno detalhe que se torna inevitável tomar nota pela sua significação incerta e questionável. Ao menos, quem vai pro fone é apenas a canção, e essa é acima da média - com folga.
Decalcomanie moonbyul gif mamamoo
Claramente chapada após fumar o bagulho colorido. 
Não deixe de curtir a página do Delírios no Facebook.