Com 'Don't Believe', Berry Good continua como um dos atos mais injustiçados da indústria.

11/02/2016 0 Comments A+ a-


Todo mundo deve adotar um grupo nugu para si. Por um longo tempo, o meu foi o Stellar. Porém, agora elas deixaram o reino do desconhecido para migrarem ao do flop - e o disband parece tão iminente quanto óbvio.

Por sorte, ainda este ano, eu descobri o Berry Good, que me encantou tanto a ponto de receber seu próprio post retrospectivo após pouco mais de 2 anos na ativa.

E agora, seis meses desde sua última naufragada nos charts, as garotas voltaram para uma nova tentativa de desflopar - com 'Don't Believe' - e uma igualmente nova integrante - Johyun.

Como sou fiel ao que gosto e elas fizeram por merecer, cá estou eu fornecendo um precioso espaço no Delírios novamente. Confira:



Topo dos charts, 144 milhões de visualizações, 14 Music Banks, 1 MAMA. Berry Good não vai ganhar nada disso. Nem precisa, pois a manchete no Delírios vale muito mais.

Se escutares os outros singles das meninas, vai perceber a prevalência do synthpop em todos seus releases. Agora, como o estilo anterior, que apesar de ótimo nunca rendeu frutos, elas resolveram apostar em outro derivado mais intimista do EDM, o Tropical House.

A faixa segue um estilo Ocidentalizado cada vez mais frequente no K-pop, uma tendência que é inevitável, como já vimos ontem no Double-A do BlackPink. Porém, o agora sexteto consegue conferir seu charme único para o projeto. 

A intensidade da melodia, que segue a tradição do grupo de acrescentar peso dramático nos vocais, concerne um ar no melhor estilo etéreo que Oh My Girl apresentou em Closer e nunca mais chegou perto de igualar. E é esta linha vocálica que a faz diferir desses Houses americanos típicos que o Calvin Harris lança por aí seja com quem for. 

Não tomem como crítica de total reprovação. Adoro House e muito do que sai no Ocidente, só que ficaria levemente decepcionado caso isso aqui não tivesse alguma característica pessoal do grupo que o entoa. É justamente a supracitada fusão entre elementos sônicos que torna o conjunto tão notável. 

Vão lá no Itunes e comprem o EP logo pra ajudar as gurias a ter dinheiro pra vianda. Isso é provavelmente melhor que o que suas favs andam a desovar por aí. 

Não deixe de curtir a página do Delírios no Facebook.