O que Eu Assisti em Março: O Melhor e o Pior

4/01/2016 2 Comments A+ a-

filmes 2016
Quer um dica do que assistir? Só clicar!
Inaugurando uma nova categoria no blog: o listão do mês. Nele, irei listar todos os filmes - e talvez séries e animes, se achar necessário -, e escrever um pouco sobre os que gostei ou que fortemente recomendo evitar.

Em Março, foram 26 filmes assistidos, média que infelizmente deve diminuir, já que peguei 10 dias de férias, e a partir de agora terei de dividir o tempo com faculdade e outros deveres.

Vamos lá:

1 - Dolls(Stuart Gordon, USA/Itália, 1987) -  ★★★
2 - A Scene At the Sea(Takeshi Kitano, Japão, 1991) - ★★★★
3 - Cyborg She(Kaw Jae-young, Coreia do Sul, 2008) - ★★★½
4 - Boneca Infável(Hirokazu Kore-eda, Japão, 2009) - ★★★★★
5 - Kung Fu Panda 3(Jennifer Yuh, Alessandro Carloni, USA/China, 2016) - ★★★½
6 - Disque M Para Matar(Hitchcock, USA, 1954) - ★★★★
7 - Nossa Irmã Mais Nova(Hirokazu Kore-eda, Japão, 2015) - ★★★★
8 - Convergente(Robert Schwentke, USA, 2016) - ★★½
9 - A Bruxa(Robert Eggers, USA, 2015) - ★★★★½
10 - Ovelha Negra(Grímur Hákonarson, Islândia, 2015) - ★★★★
11 - Digimon Tri 2 - Crítica (Keitarou Motonaga, Japão, 2016) - ★★★
12 - O Grande Mestre 3(Wilson Yip, Hong Kong, 2015) - ★★★½
13 - Um Alguém Apaixonado(Abbas Kiarostami, França/Japão, 2012) - ★★★★
14 - Double Suicide(Masashiro Shinora, Japão, 1969) - ★★★★
15 - Zootopia - Crítica (Byron Howard, Rich Moore e Jared Bush, USA, 2016) - ★★★★ 
16 - Have a Song On Your Lips(Takahiro Miki, Japão, 2015) - ★★★★
17 - Batman vs Superman(Zack Snyder, USA, 2016) - ★★★½
18 - Mourning Grave(In-chun Oh, Coreia do Sul, 2014 - ★★★½
19 - Zatoichi, o Espadachim Cego(Takeshi Kitano, Japão, 2003) - ★★★½
20 - As Bruxas de Salém(Nicholas Hytner, USA, 1996) - ★★★★½
21 - Don't Cry, Mommy(Yong-han Kim, Coreia do Sul, 2012) - ★★★
22 - Girl In The Sunny Place(Takahiro Miki, Japão, 2013) - ★★★½
23 - Batman: Assalto em Arkham(Jay Oliva, Ethan Spaulding, USA, 2014) - ★★★★
24 - Midnight FM(Sang Man Kim, Coreia do Sul, 2010) - ★★★
25 - Perfect Blue(Satoshi Kon, Japão, 1997) - ★★★★★
26 - A Luz da Ilusão(Hirokazu Kore-eda, Japão, 1995) - ★★★★


Já deu pra ver que gosto muito de filmes do leste asiático, hein? Sou fanático por tudo que sai de lá, e com cinema não seria diferente.

Recomendo qualquer filme que tenha mais de 3 estrelas, mas pra ser mais seletivo, se tivesse de escolher cinco em especial, seriam:

Boneca Inflável
boneca inflável inflavel filme koreeda

Esse foi pros favoritos. Meu diretor predileto da atualidade, e pra mim, esse é sua obra-prima master. Fala de uma boneca inflável - obviamente - que cria vida e começa a experimentar o que é a vida. É uma explicação vaga, mas o filme é tão sensorial e contemplativo que apenas vendo para sentir a torrente de emoções que proporciona.

Perfect Blue - Crítica 
perfect blue filme anime


Se conhecer alguém que, em 2016, ainda caracterize animação como gênero infantil, apresente Perfect Blue. Um dos filmes mais ricos e simbólicos que já vi em minha vida. E eu vi muita coisa.


A Bruxa - Crítica
a bruxa filme cabra black phillip gif

Esperei mais de um ano para conferi-lo, e como valeu a pena! Uma das experiências mais revigorantes que tive em uma sala de cinema, Um filme inteligente, crítico e cheio de simbolismos. Uma pena que tenha sido vendido da forma errada, o que frustrou grande parte do público que esperava um terror explícito.

Um Alguém Apaixonado
like someone in love filme

Primeiro filme que vejo do aclamado Kiarostami - diretor que infelizmente sofre perigo de vida, neste momento -, mas o suficiente para entender a razão de tanto falatório. É uma obra profunda e cheia de significado, com a utilização mais fantástica que já vi de reflexos para contribuir na narração da história.

Mourning Grave
mourning grave filme kim so eun

Há filmes melhores e com uma cotação superior na lista, mas cinema não é só isso, também é diversão, e como aproveitei os 90 minutos que passei com Mourning Grave. Um terror dramático romântico coreano cheio de gore e metáforas relacionando assombrações com temais atuais, no melhor estilo The Grudge. Vale pra quem busca algo descompromissado. De bônus, ainda me apresentou Kim So Eun, uma das atrizes mais lindas que já presenciei. 


E o que passar longe....


Eu tive um bom mês e posso dizer que mesmo os filmes que esperava mais, contribuíram para meu amadurecimento cinematográfico(UI) de alguma forma. Mas teve um, em especial, que é a antítese do que a 7ª arte de qualidade representa.

Esse um é Convergente. Terceiro capítulo da saga de Tris. É fraco, enfadonho e sem inspiração nenhuma de seus envolvidos. Um completo desperdício de recursos, elenco e tempo. 


Para quem quiser, deixo aqui meus perfis no Filmow e Letterboxd. Qualquer dúvida, link ou afins, só adicionar e mandar mensagem.


Bons Filmes!

2 comentários

Write comentários