Saiu o solo da Yoona...e Por Incrível que Pareça, é Bom!

3/10/2016 0 Comments A+ a-

yoona snsd solo
E a Yoona ganhou solo antes da Tiffany.
Texto Recomendado: Rain, a Baladinha Triste de Taeyeon.

Quando a empresa mercenária anunciou o SM Station, rapidamente dois pensamentos vieram em minha mente, nessa ordem:

  • Caraca, mais um método de tirar dinheiro do fãs e escravizar os funcionários
  • Mas nossa, eu preciso disso.
Essa é o poder da SM, guys. Sim, todos nós sabemos como a empresa abusa de seus artistas, o que já causou mais polêmica do que a entrada de Sistar na parede inquebrável. TVXQ, Exo, SNSD, os exemplos são inúmeros.

Mas afinal, é impossível pra um capopeiro não gostar de pelo menos um grupo/solo do catálogo deles, e logo, devemos à empresa o simples fato de conhecermos essa pessoa em tais circunstâncias.

Porém, também vinha o medo desse novo projeto da empresa ser realmente um novo artifício pra apenas aumentar seus lucros. Não dá pra duvidar de quem lança 300 versões de um mesmo álbum, entretanto, felizmente, o saldo geral da empreitada tá mais do que positivo.

Claro que a produção dos MV's tá bem mazomenos e tímida, as canções são pouco ousadas e em nada revolucionarão a indústria, mas ainda assim, se é pra ter mais SM, pelo menos que seja aproveitável, e isso tem sido, mais do que o comeback da Lee Hi, aliás.

Também é legal ver como a empresa tem, inteligentemente, feito parcerias que seriam improváveis em outros contextos acontecerem. Até parece que eles estão se esforçando pra nos agradar. Primeiro teve o delicioso duo romântico kawaii shoujo anime entre Wendy e Eric Nam:



E agora, para delírios dos Sones, tivemos o solo debut da Yoona, o Aegyo da nação. Era uma aposta arriscada, afinal, mesmo que todos tenhamos um lugar no coração para a moça e seu sorriso derrete almas, Yoona nunca foi um talento notável no vocal, sendo que ela mesmo admitiu ter menos segurança em sua voz no que na dança, mas quem diria, amigos, a música é bem agradável.

Seguindo a linha do Station, é um midtempo Shoujo romântico, pouco exigente, e isso é um acerto, não um demérito. Não adianta puxar vocais fortes de quem não possui. Acabou que o resultado agrada o fandom revolts(qual sou parte, antes que me xinguem) e todo amante de uma boa farofinha pra alegrar o dia, sem agredir ninguém. De bônus temos esse refrão todo errado MAIGÁ, MAIGÁ, MAIGÁ que com certeza grudará em cerebelos alheios.

Curta aí:

My Girl, my girl, my girl....My love, my love, my love. Esse vai pro SD.

Que o Station continue assim: mais do mesmo, e o mesmo é bem bom.