Em Dia Apocalíptico, Hyosung Ressuscita e Entrega o Melhor Solo do Ano

3/28/2016 2 Comments A+ a-

O Melhor de 4 Comebacks!
Kpopper vive em um mundo particular. Ontem, enquanto a humanidade curtia a Páscoa com chocolates ou não, o intrépido fã do Pop Coreano se via cercado por quatro Comebacks de atos que simplesmente ignoraram Jesus: Oh My Girl, Block B, BTOB e Jun Hyo Seong, ou Hyosung.

Francamente, eu fui direto ouvir Liar Liar, pois OMG merecia alguma atenção após o flop hino que foi Closer, apreciado apenas pelo nicho revolucionário do Kpop, mas bem, foram mais de 3 minutos de pura decepção.

Era isso? Tanto tempo de espera pra ver as ex-Rookies que foram confundidas com prostitutas virem com algo tão comum? Nem aguardava nada de Block B e BTOB, e o nada foi o que ouvi. Mas seria esse o trágico final do domingo? Tantos lançamentos, e todos desnecessários? NÃO.

Pois ainda faltava escutar a volta dela - Hyosung, e a salvação pascoal veio dali. Find Me nada mais é que um Dance-pop/House que tanto já se lançou no Kpop, mas se destaca porque justamente grande parte dos grupos - com ou sem talento - em 2016, vem buscando inovar com enfadonhos e repetitivos R&B's, quando acabam apenas pecando em sua presunção.

Find Me ainda serve pra provar como o estilo Dance-pop, quando bem executado, pode gerar preciosidades que vão fazer a gente apertar o Replay algumas dezenas de vezes, além de realçar a cantora com uma das mais consistentes carreiras Solo da atualidade, agora com 3 Singles ótimos.



Que coisa mais linda! Eu nem ia escrever nada sobre, mas é tão boa, que não pude deixar passar. Sabe quando todos os componentes de uma música de misturam e formam algo único? É isso. Só o início já dá um "WoW" com esses gritinhos que não sei o nome, intercalando com o vocal de Hyosung e os acordes de piano. A bridge é curta, mas prepara muito bem pro refrão, que leva ao êxtase por entregar o tão esperado Upbeat, que sim, estava em falta.

Não vou mentir e dizer que amei o MV, não que seja ruim ver Hyosung jogando na cara seu status full-sex enquanto mostra as coxas maravilhosas e espera o Oppa encontrá-la, mas é bonito e apenas isso, com uma coreografia pouco chamativa. No final, entretanto, o que importa é a qualidade sonora e o sopro que ele joga em 2016. 

O ponto ruim disso tudo? A carreira solo da cantora está muito melhor que a do Secret, então qual a razão da existência do grupo?!

Tradução de Find Me






2 comentários

Write comentários