Os Filmes Mais Decepcionantes de 2015

12/25/2015 0 Comments A+ a-

Que Comecem os Listões!

2015 acabando e os listões saindo sem parar. Para acabar um pouco do clichê de "melhores e piores", farei uma compilação com os longas que mais me desapontaram este ano. Películas que por uma diversidade de razões eu estava ansiando, e quando finalmente os conferi, a expectativa acabou não sendo suprida. Não farei uma numeração com a ordem dos que mais me decepcionaram, apenas os listarei aleatoriamente.

Sem mais delongas...

O Homem Irracional/ Irrational Man
emma stone joaquin phoenix woody allen
Nós também não sabemos como isso aconteceu, Emma.
Que Woody Allen é um cineasta deveras prolifico, todos sabem. Com 80 anos e mais de 50 filmes no currículo, o americano tem lançado praticamente uma nova obra por ano. O lado ruim desse excesso de conteúdo, é que muitos acabam ficando aquém de seu talento, e esse foi o caso de "O Homem Irracional".

Fazendo mais um de seus projetos "sérios", que já renderam ótimos longas como "O Sonho de Cassandra" e "Match Point", dessa vez Woody errou feio a mão. Apesar de uma leve mudança em seu estilo tradicional, quase nada funciona aqui. Com uma trilha sonora enfadonha e direção burocrática, o charme de Joaquin Phoenix e Emma Stone até ameaçam salvar a fita, mas conforme seus minutos passam, torna-se insuportável aguentar sua trama arrastada e pouco ambiciosa. Praticamente uma colagem sem inspiração do que vimos em "Match Point". Uma pena.

Peter Pan/Pan
pan filme tigrinha rooney mara
Se Eddie Redmayne foi perdoado por "O Destino de Júpiter", você consegue também, Rooney. Foco em Carol.
Todo o prestígio que Joe Wright obteve no início de sua carreira, vai esvaindo-se conforme lança mais filmes. O Solista, Hanna e Anna Karerina em nada lembram o talento surgido com Orgulho e Preconceito e Desejo e Reparação, mas em Pan, Joe vai definitivamente pro fundo do poço.

Uma adaptação desnecessária e estritamente comercial, sem agregar em nada para a mitologia do personagem ou ao cinema em si. Vergonha alheia de ver Hugh Jackman e Rooney Mara em cena.

A Colina Escarlate/ Crimson Peak
jessica chastain colina escarlate crimson peak
Ah, se o roteiro tivesse sua beleza, Jessica.

Aqui vale relembrar: é uma lista das obras mais decepcionantes do ano, não necessariamente das piores.

A Colina Escarlate não é ruim, possui muitos méritos e com certeza vale a pena ser visto, mas pelo que se esperava do mesmo através de seu lindo material de divulgação, passou longe de ser cumprido. O roteiro fica devendo para os atores e principalmente para o figurino e design de produção.

Nocaute/ Southpaw
southpaw jake gyllenhaal sem camisa
Agora não adianta gritar, Jake...

Jake Gyllenhaal está numa fase impressionante em Hollywood. Pelo menos 5 de seus últimos filmes foram muito bons, além de contar com uma atuação visceral do ator. Infelizmente, apenas o 2º se manteve aqui, já que a trama melosa e clichê acabam com pretensões maiores. Serve como diversão.

Ataque dos Titãs - Parte 1/ Shingeki no Kyojin
shingeki no kyojin
Você realmente existiu, filme?!

O anime/mangá com mais hype dos últimos anos em uma adaptação Live Action. Apesar do histórico de insucessos que isso proporcionou, não deixava de gerar uma expectativa de que algo épico poderia sair desta empreitada. Ledo engano. Peca nos mesmos critérios que as versões "in real" de Another, Death Note, Nana e outros. Não é tão ruim quanto Dragon Ball Evolution, nem bom como Samurai X. O pior é que o diretor disso assumiu o novo Godzilla nipônico.

Quarteto Fantástico/ Fantastic Four
quarteto fantastico filme
Era melhor nem ter dado as caras.

Fazia tempo que não via uma miríade tão assustadora de perversidades em uma exibição cinematográfica. A atrocidade do ano. 

Sob o Mesmo Céu/ Aloha
aloha filme sob o mesmo ceu emma stone
Péssimo ano, Emma, mas a gente ainda te ama <3.
Cameron Crowe voltou, mas dessa vez, sua notória sensibilidade foi substituída por sentimentalismo barato em um roteiro de gosto questionável. Um ano ruim para a bela e talentosa Emma Stone, que amargurou dois fracassos com dois diretores consagrados, justo quando recebeu sua primeira indicação ao Oscar.

O Exterminador do Futuro: Gênesis/ Terminator Genisys
genesis sorriso exterminador
Recomenda o filme?!
Em um 2015 de tantos retornos nostálgicos, a franquia Terminator certamente teve o mais ridículo e insípido comeback. Uma plot forçada e absurda, personagens sem carisma e cenas de ação sem emoção alguma. Único ponto positivo foi o bom e velho Schwarzza mostrando que ainda manda bem.

-

E aí, curtiu a lista? Algum outro filme o decepcionou de forma mais frustrante? Deixe suas impressões nos comentários.